quarta-feira, 13 de abril de 2011

Blogosfera materna - ai que inveja!!!

No meu ultimo post eu dizia que havia retomado o blog e escreveria com mais frequencia... isso já faz qto tempo?? uns dois meses acho...
Depois disso já aconteceram muitas coisas!! Recebia a visita da vovó Terezinha e tia avó Nene aqui no Chile, Pedro aprendeu a engatinhar, toma a mamadeira sozinho, meu bebe já foi uma menina no ultra, depois um menino no outro, e semana que vem confirmaremos o sexo e tbm vamos pro Brasil passar a semana santa e conhecer vários bebezinhos de amigos que nasceram e quem sabe algumas amigas virtuais!!
Mas a verdade é que cada vez que vou conhecendo mais a blogosfera materna mais percebo que esse blog deveria ser diferente... mas falta o dom da palavra pra mamae aqui!! Me vejo tao identificada com que os outros dizem, tem tanta coisa que gostaria de expressar aqui, até mesmo pra depois voltar a ler e ver como mudei de opniao, ou nao... Mas da mesma forma que estou me aceitando mais como uma mae real, com muitos defeitos, tenho que me aceitar como nao-blogueira que sou.
Isso aqui comecou como uma forma de eternizar os sentimentos e acontecimentos desde a gravidez do Pedro, e se parece um diario de adolescente, fazer o que??

terça-feira, 8 de março de 2011

Comecando de novo!!

Pois é, aqui estamos grávidos de novo!!!
E com essa mega notícia veio de novo a vontade de atualizar esse blog!
A descoberta foi no dia 07 de fevereiro! Depois de deixar Pedro na sala cuna, passei na farmácia pra comprar fraldas, e aproveitei pra levar um teste de gravidez tbm. Até aquele segundo eu não tinha parado muito pra pensar em gravidez. Sabia que estava com a regra um pouco atrasada, mas acreditava que logo ela chegaria... Mas foi só sair da farmácia com o teste que a coisa foi ficando real... fui dirigindo ao trabalho e pensando em tudo que mudaria se eu estivesse grávida, teria que deixar o treinamento pro triatlon antes mesmo de comecar, já não poderia mudar de trabalho, interromper o tratamento de estrias, como cuidar do Pedro, pegar ele, andar abaixada com aquele barrigão, qdo ele estver começando a andar o outro bebe vai estar chegando... como cuidar de dois bebes, teriam que os dois ficarem no mesmo quarto enquanto não mudamos... confesso que os primeiros pensamentos não foram muito alentadores e de novo eu fiz o teste torcendo pra que não desse positivo!
Estava sozinha no banheiro do trabalho, não queria olhar o resultado... mas quando vi a segunda linha tudo mudou!!! Veio um sentimento de alegria, só pensava em sentir o bebe se mexendo de novo, em dar um irmãozinho pro Pedro, ou será irmãzinha? Em como eles seriam amigos y companheiros com tão pouca diferença de idade!!!
Saí do banheiro, entrei no computador e marquei uma consulta com meu médico pras 11 da manha!! Liguei pro Douglas e chamei ele pra tomar um café. Contei a novidade, ele ria mas estava nervoso, e agora como vai ser??
Fomos juntos no médico e pedimos um exame de urgência. Estávamos na academia atualizando a página da clínica a cada segundo pra ver o resultado! Douglas entrou na Internet pesquisando eficácia dos testes de farmácia, e ao ver o que eu comprei dizia que se a segunda linha era fraca então não deveria ser considerado positivo. Logo em seguida ele viu que estava lendo o resultado de um teste de ovulação, não de gravidez. Nesse momento ele me falou a coisa mais linda: “agora quero muito que seja positivo e que saia tudo bem, estava assustado e pensava que não queria, mas qdo li a possibilidade de que não fosse positivo senti uma tristeza e percebi que já me sinto grávido de novo!!” Lindo não???
Finalmente o resultado saiu, Douglas viu, e confirmou nossa gestação!! Ligamos pra toda a familia, todos muito felizes!!
Uma semana depois fizemos a primeira ecografia. Já estávamos preocupados por que a contagem do beta no exame tinha dado muito baixa e eu não estava tendo nenhum sintoma, e nessa ecografia não conseguimos ouvir o coraçãozinho... então repetimos o exame de sangue e ficamos mais tranqüilos com a contagem que estava super alta!!
O que sim vimos nessa ecografia é que eu havia ovulado duas vezes, o que significa que foram grandes as chances de ter gemeos, mas finalmente só um dos óvulos se havia fecundado.
Uma semana depois repetimos a ecografia, escutamos o coraçãozinho e foi lindo!!! Qdo comentei da dupla ovulação, a ecógrafa foi buscar os folículos e encontrou 3 !!! Foram três óvulos!! Já imaginou 3 bebes juntos?? Hahahaha Douglas queria, sempre quis ter gemeos, mas acho que foi melhor assim, como disse a médica, gravidez de gêmeos traz muitos mais riscos a mãe e aos bebes!!
Saímos muito felizes e já começamos a contar a todos os nosso amigos!!
Agora estamos esperando a próxima ecografia, com expectativa pra saber o sexo!!!
Vai ser um prazer dividir esse momento com vcs, espero que a animação continue e que esse blog tenha vida longa!!

sábado, 1 de janeiro de 2011

CARTA DO PEDRO PARA SEU PAPAI!!!

Agora que vamos começar um novo ano, quero te agradecer por tudo que você fez por mim nesse ano que passou!! É tão pouquinho tempo, mas tanta coisa aconteceu… e como você sempre diz, parece que sempre estivemos juntos!! Vou aproveitar para agradecer algumas coisas em nome da mamãe também, porque ela nem sempre deixa claro a gratidão e o orgulho que ela tem de você.

Vou partir agradecendo por seu carinho desde quando eu estava na barriga da mamãe! Eu adorava os dias de ecografia, ficava me preparando inteiro para mexer bastante minhas perninhas e bracinhos, só para sentir você todo entusiasmado, exaltado no consultório, colocando a mão na televisão, reconhecendo cada pedacinho do meu corpo…

Durante esse período não era só o meu corpinho que crescia, meu amor por você também ia crescendo todos os dias. Adorava ver você participando de tudo, desde a escolha do nome, do quartinho, das sessões de fotos… Mas minha diversão mesmo era te assustar quando você colocava a mão na barriga da mamãe. Eu dava uns chutões bem grandes e morria de rir dos seus pulos, com mistura de susto e nervoso!!

A barriga da mamãe crescia e o dia de eu nascer ia chegando! Mamãe conversava muito comigo e nós decidimos que iríamos tentar ter um parto muito natural e com muito apego posterior! Isso requeria preparação e uma equipe em acordo com tudo isso!! Eu sei bem do medo que você ficou quando mamãe resolveu mudar de médico na última hora, e do desespero seu só de pensar na hora do parto!! Mas desde esse momento você me mostrou como era forte e capaz de superar todos os desafios que apareciam. Preparou-se com a mamãe pro meu parto, íamos todos juntos ao curso e na hora H você deu um verdadeiro show!!

Vamos recordar bem esse dia: com o fim da copa, eu decidi que era hora de sair da minha casinha, que já estava muito pequena para mim… Então comecei a me preparar para sair dali… eu ficava com peninha da mamãe, que sentia muita dor, mas eu sabia que ela estava muito bem acompanhada e que você estava ali do lado dela o tempo todo, fazendo massagens, dando sorvetinho, caminhando e dançando com ela. Você a acalmava, a apoiava em tudo, se preocupava de nós dois, queria sempre ouvir meu coraçãozinho e teve toda a paciência do mundo esperando por mim, fotografando e filmando tudo. Eu sei que foi difícil para vocês, mas foi também um momento muito emocionante!! Antes mesmo de eu nascer você já estava chorando, e quando nasci escutei suas palavras de carinho, e abri bem meus dedinhos para que você pudesse contar todos eles… Mamãe ficou muito feliz contigo e eu também!! Obrigada por estar comigo e com a mamãe durante todo o tempo!!
Nesse dia finalmente conheci você, sua cara, seu cheiro, sua pele, seu abraço, seu calor… não podia imaginar que ia amar tanto você assim!!

Na maternidade eu me comportei super bem e deixei vocês só curtindo… Estava todo o tempo com a minha mamãe e adorava quando você chegava… mas no ultimo dia me levaram para longe da mamãe toda a noite. Fiquei preocupado com ela lá, era nossa primeira separação, mas nós somos um time, né papai? Então você ficou lá com ela, dando palavras de conforto…

Chegamos finalmente em casa e eu adorei tudo o que vocês tinham preparado para mim com tanto carinho! Mas as horas foram passando e eu comecei a ficar nervoso, porque eu mamava forte na minha mamãe e não saía nada. Eu ficava com pena dela, dos seus seios machucados, e eu sabia que ela fazia todo o possível para me alimentar, mas não era suficiente.
Eu sei que você também tentou ajudar como podia, comprava bombinhas, fazia massagem nos seios, compressa, sugava… mas não adiantava!
E no meio da noite, graças a sua intervenção, veio minha primeira mamadeira. Eu mamei sedento o leitinho que a vovó me dava e que você preparou com tanto carinho!

Mas nós dois queríamos ajudar a mamãe a me amamentar. Então botamos nosso time em ação de novo, e enquanto eu sugava o peito da mamãe todo o dia, você ficava correndo atrás da sonda para relactação, de horários para receber ajuda na clinica, na médica, esterilizando todas as coisas!! (PS: você era meio neurótico na esterilização, mas todo mundo gostava de ver seu cuidado).

Isso da relactação foi algo muito especial! Eu via o trabalho que todo mundo tinha para que eu pudesse mamar meu leitinho a través do peito da minha mãe, e ficava muito feliz de ver todos apoiando essa causa, ainda que talvez não fosse tão importante para todos como era para a mamãe. Já não me lembro se ela lhes agradeceu por isso, mas eu sei que o apoio, a forca e o carinho de vocês foi o que compensou a incompetência e a frustração que ela sentia em relação à amamentação.

E se não bastasse essa complicação, todo mundo ainda ficava falando que eu não comia direito e por isso não fazia coco e por isso estava com icterícia. E lá estava todo mundo me enchendo de leite o dia inteiro e esperando meu coco… E a verdade é que eu gostava muito de ver a festa que todo mundo fazia no dia que eu finalmente defecava, principalmente você papai, que relaxava, ficava feliz, ligava para família e estourava vinhos e champagne, hahaha Quem diria, hein, papai? Você fazendo a maior festa por causa de uma bela cagada!! Como mudou sua vida…

E assim foi nossa primeira semana em casa! Com você do lado da mamãe o tempo todo, durante o dia e a noite!! Difícil, mas com tudo se ajeitando nas semanas seguintes, inclusive o aquecimento da casa!! (afinal, foi você quem solucionou!)

Você voltou a trabalhar, e agora a mamãe também, mas nossa conexão continua se fortalecendo!

Tem muitas coisas que adoro em você papai:
Topando tudo por mim, até a sair do restaurante correndo para ir buscar a chupeta em casa!
Se virando no trabalho para ir a todas as consultas comigo!
Se aventurando ao me dar banho no chuveiro, que eu amo!
Ensinando-me a nadar e me fazendo massagem.
Escolhendo com carinho a minha escolinha (prometo me comportar super bem).
Prestando atenção em cada marquinha estranha no meu corpo, meu rosto, meus olhinhos.
Se derretendo com meus sorrisos.
Se apavorando com meus poucos chorinhos.
Se encantando com cada novidade que faço!
E também me iniciando no mundo da conquista: aprendi direitinho e saio rindo para toda a mulherada, principalmente quando estamos só nós dois, é o nosso time em ação novamente!!

E meu orgulho não se resume a seu papel de pai. Tenho muito orgulho de todos os seus outros papéis: marido, profissional, filho, amigo, irmão, etc. Fico fascinado com a sua bondade, seu coração grande, sua persistência, ambição, determinação, inocência, bom humor, preocupação com todos, entre tantas outras coisas que admiro muito.

E sobre a paternidade, imagino que é difícil ser pai de primeira viagem, mas entre os erros e os acertos você tem se saído muito bem!! Eu sei que também ainda vou errar muito nessa vida, mas o que importa é que comecei acertando em cheio, pois a cada dia tenho mais certeza que eu não podia ter escolhido um melhor pai!! E ainda que pareça impossível, meu amor por você vai crescendo mais e mais, e eu posso sentir que acontece o mesmo com você. Espero que em 2011 a gente seja ainda mais feliz e tenha muitos motivos para comemorar e celebrar!!

Feliz Ano Novo!!!