segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

Finde em Pucón!!!

A gente foi comemorar o níver do papai e níver de 4 meses da barriguinha em Pucón.
É uma cidadezinha bem turística, pequenininha, com lago, montanhas, vulcao, rios... muita coisa de esporte radical pra fazer... e nesse finde rolou uma competicao de Meio Triatlón lá. O papai Douglas está comecando a treinar esse esporte agora, entao fomos lá ver uma competicao de perto e sentir a onda da coisa...
O melhor de tudo é que essa cidade é aqui do lado, sao só 9 horas de viagem de carro!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Saímos na quinta a noite, o plano era sair a tarde, mas me compliquei no trabalho e assim só saimos daqui quase 8 da noite. Paramos algumas vezes na estrada, jantamos e tal... e só chegamos quase 5 da manha em Pucon. Menos mal que foi o treinador do Douglas de carona com a gente, entao cada um dos 3 dirigiu um pouquinho...
Dormimos só um pouquinho e já acordei o Douglas porque queria ver a competicao das criancas, que era na sexta-feira. Coisa mais linda aquelas criancinhas nadando no lago gelado, depois dando voltas na praca de bicicleta e depois correndo... pobrezinhas, muitas desistiam antes, choravam, caíam da bicicleta... dava uma pena, mas ao mesmo tempo era tao lindo!!!
Nao fomos na "praia" esse dia, que na verdade é um lago. Almocamos, passeamos pela cidade e fomos dormir um pouco. A noite saímos e descobrimos que verao em Pucon só é calor durante o dia... passamos um frio danado a noite! Fizemos comprinha na feirinha e nao podimos entrar no cassino por causa das nossas sacolinhas :-(
Sabado foi dia de praia o dia inteiro, almocamos num hotel super chique e ficamos até o sol acabar na praia. Depois fomos pra um churrasquinho na casa do Pancho, amigo do MBA que estava lá com a familia. Boncho tbm foi e ficamos até tarde conversando...
Domingo madrugamos pra ver o triatlon. Vimos desde a primeira saída. Torci muito pelo Reinaldo Colucci, até parecia meu amigo, hahaha. Tbm apoiei o Germán, que trabalha comigo e o Cristián, treinador do Douglas. Gritava pra eles e pra todos os brasileiros que passavam!! Imagino já meus gritos e os de Pedro ano que vem pra apoiar o papai!! Uma loucura essa corrida, mais de 4 hrs de sofrimento, tá louco...
Nem esperamos a prova terminar e fomos embora, queríamos chegar cedo em Santiago, mas chegamos depois das 10 da noite... Foi cansativa a viagem mas valeu a pena, nos divertimos bastante!!





Nenhum comentário:

Postar um comentário