sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

Contando a historia desde o início...


Como esse blog comecou tarde, é melhor faze um retroceso e contar a história desde o início... Os primeiros posts vao ser um "vale a pena ver de novo". Ainda falta muita coisa pra chegar nos dias atuais, mas de a pouco a gente vai atualizando...

17-Outubro – Sab: Vou saindo do MBA as 2 da tarde, Douglas ainda na cama curando a ressaca, ligo para ele e já fazemos planos para qd eu chegue em casa… Depois dos planos concretados e sem nenhum protecao usada ele pregunta: “tá na época fértil?” E eu respondo: “pode ser, meu dia fértil é dia 19, estamos em 2 dias antes”. Mas ficamos tranquilos, tantos amigos que tentam e nao conseguem, mais a varicoceles do Douglas, mais os moles que a gente já de una vida e nunca aconteceu nada…

30-Outubro - Sex: Caramba, comecaram as cólicas muito antes da hora… parece que meu ciclo vai adiantar…

02-Novembro - Seg: Hoje era o día da danada ter vindo e nada… todas essas cólicas todos esses días e nada… ai meu Deus…

03-Novembro - Ter: Me sinto mal na academia a noite, cansada, e vou para casa antes do Douglas e preparo a janta para gente. Ligo pro Douglas e peco para ele trazer um teste de farmacia. Fazemos o teste enquanto a comida tá no forno, nao lemos nada na bula e a conversa gira em torno a outra coisa, e ao olhar pro teste comecam a formar as famosas 2 linhas, mas a segunda linha é muito fraquinha, entao nao deve ser nada… olhamos o manual do test e diz claramente: “Se aparecem 2 linhas, por mais fraca que essa possa ser, entao o teste é POSITIVO”. Nao pode ser, o problema foi que colocou urina demais, ou entao pq nao deixamos no plano, vamos fazer de novo!! Kd a urina para fazer de novo, nada de vontade de fazer xixi… Resolvemos jantar, eu perdi a fome e o Douglas comia até sem mastigar… o jantar mais silencioso que já tivemos (sem estar brigados), só se falava: “toma água Fernanda, toma água”. Depois de muita água fazemos o teste de novo. Douglas conta milimétricamente as 3 gotas de xixi que devem ser aplicados, ninguém toca no teste, ele fica ali, paradinho, e a gente tbm paradinho, ali, olhando… A primeira linha se forma rapidamente, mas a segunda nao se demora nada em aparecer… Para falar a verdade nao me lembro muito bem como foi esse momento, se nos abracamos ou nao, sei que nao choramos, sorrimos, e que estávamos felizes, talvez mais assustados que felizes, mas com certeza felizes… Liguei para minha mae, precisava falar para alguem, era como falar para mim mesma, uma forma de eu acreditar naquilo tudo que estava acontecendo, além disso, alguém mais tinha que ficar sem dormir além da gente!!! Buscamos o primeiro médico com hora vaga na manha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário